Amauri

Amauri Sales – Camalaú-PB

Mãe morreu quando eu era adolescente
Muito cedo fiquei na orfandade
Quando ela foi para a eternidade
De saudade o meu ser ficou doente
Mesmo assim eu lhe sinto tão presente
É tão forte essa nossa sintônia
Que citando seu nome em poesia
Fico ouvindo mamãe a me chamar
Hoje é dia da gente se lembrar
De quem lembra da gente todo dia.

Mote: Lenelson Piancó

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Prefeituras parceiras

bannerjd
Rua Enock Ignácio de Oliveira, nº 1405 Bairro Nossa.Senhora da Penha - Cidade: Serra Talhada
CEP: 56.912-460
- Telefone: (87) 3831.2364 - WhatsApp: (87) 99956.4137
Copyright ©  2015 www.jornaldesafio.com.br, Todos os direitos reservados.
JORNAL DESAFIO - O SERTÃO EM 1º LUGAR
Serra Talhada, Pernambuco - Brasil.