20150904055317

Natan da Paraíba

“Quem não vive a poesia nordestina
Não terá dessa vida o seu prazer”

Eu nasci no sertão e agradeço
A meu DEUS fortemente essa alegria
E ainda mais por gostar de poesia
Essa arte que eu penso não tem preço
Nessa vida nem sei se eu mereço
No meu ciclo de amigos sempre ter
Os poetas que me fazem crescer
Tao feliz e nesse tao belo clima
Quem não vive a poesia nordestina
Não terá dessa vida o seu prazer.

O meu pai desde cedo me ensinou
Que um poeta não sofre com a tristeza
Ele vive feliz com a natureza
O poeta nunca desanimou
E poeta aqui hoje eu estou
Na poesia prá sempre vou viver
E um dia ao meu eu vou dizer
Que minha vida foi toda feito rima
Quem não vive a poesia nordestina
Não terá dessa vida o seu prazer.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Prefeituras parceiras

bannerjd
Rua Enock Ignácio de Oliveira, nº 1405 Bairro Nossa.Senhora da Penha - Cidade: Serra Talhada
CEP: 56.912-460
- Telefone: (87) 3831.2364 - WhatsApp: (87) 99956.4137
Copyright ©  2015 www.jornaldesafio.com.br, Todos os direitos reservados.
JORNAL DESAFIO - O SERTÃO EM 1º LUGAR
Serra Talhada, Pernambuco - Brasil.