• Silvano

    Silvano Lyra – Olinda-PE

    Na verdade eu busquei no calendário
    Uma data que desse algum destaque
    Mas findei foi criando um almanaque
    Rabiscando um intenso itinerário
    Coração sensitivo no sacrário
    Trouxe a mim firme e forte sinergia
    Levitei, ao dizer como ironia!
    Sem nem ter minha mãe mais no meu lar…
    “Hoje é dia da gente se lembrar
    De quem lembra da gente todo dia”.

    Mote: Lenelson Piancó

  • Clênio Sandes

    Clênio Sandes – Santa Maria da Boa Vista-PE

    Essa flor que me encanta
    Foi meu primeiro alimento
    A luz do meu firmamento
    Que até hoje me acalanta
    É da minha alma a manta
    E a razão da minha alegria
    A eterna companhia
    Sempre a me acarinhar
    Hoje é dia da gente se lembrar
    De quem lembra da gente todo dia…

    Mote: Lenelson Piancó

  • Charles

     Charles Brunno – Pão de Açúcar-AL

    Você foi meu início de endereço,
    No seu ventre também fui inquilino,
    Envolvido no dom que foi divino,
    Nesse canto tão caro, mas sem preço,
    Onde a vida me deu o meu começo,
    Foi você mamãezinha a estadia,
    No seu berço encontrei toda magia,
    A saudade hoje faz eu recordar,
    Hoje é dia da gente se lembrar,
    De quem lembra da gente todo dia”.

    Mote: Lenelson Piancó

  • 33

    Charles Sant’Ana Pão de Açúcar-AL

    Fiz morada na minha formação,
    Aluguei a barriga em nove meses,
    Nos sentimos um só por tantas vezes,
    Nessa casa eu vivi em um só vão,
    Dividi o alimento em gestação,
    Mamaezinha é rainha da magia,
    Seus cuidados me inspiram poesia,
    Que transmite o desejo em dedicar,
    Hoje é dia da gente se lembrar,
    De quem lembra da gente todo dia”.

    Mote: Lenelson Piancó

  • f33b6790-8f6e-47e0-96f6-43f815d0dfff

    Rena Bezerra – São José de Princesa-PB

    Já acorda pedindo em oração
    Proteção para seu maior tesouro
    Porque filho pra uma mãe é mais que ouro
    É um sonho em sua consumação.
    Toda mãe ela vem com uma missão
    De fazer o melhor pra sua cria
    Ela briga, defende, ela sacia
    Todo instante tem amor pra ofertar,
    Hoje é dia da gente se lembrar
    De quem lembra da gente todo dia.

    Mote: Lenelson Piancó

  • João

     João Nunes – Aracaju-SE

    Vou pedir a Jesus ou algum Santo
    Para o manto celeste ser furado
    Pela Fenda olharei já amparado
    O seu rosto molhado por seu pranto
    Só assim poderei lembrar do quanto
    Me amava e dos males protegia
    Já não gozo da sua companhia
    Apossou-se a saudade em seu lugar
    Hoje é dia da gente se lembrar
    De quem lembra da gente todo dia.

    Mote: Lenelson Piancó

  • Júnior Monteiro

    Júnior Monteiro – Caraúbas-RN

    Mesmo informe em seu ventre, na placenta
    De embrião até mesmo virar feto
    Por seu filho a mãe sente muito afeto
    Ao nascer, com carinho lhe amamenta
    Todo o dia, aflições a mãe enfrenta
    Pra poder ver seu filho na alegria
    E em cem vidas, ninguém conseguiria
    Um por cento de tudo isso pagar
    Hoje é dia da gente se lembrar
    De quem lembra da gente todo dia.

    Mote: Lenelson Piancó

  • 734dca7f-adbe-4c69-ba51-c4a69bfa43dd

     El Gorrión – Itatuba-PB

    Toda mãe é um ser angelical,
    Pois carrega seu filho a tiracolo.
    Se ele errar ela quebra o protocolo;
    Seu amor se compara ao divinal.
    Sua imagem desmancha o vendaval
    Quando o filho padece tirania,
    O seu cheiro florido se irradia…
    Os seus braços espelham sossegar.
    Hoje é dia da gente se lembrar
    De que lembra da gente todo dia.

    Mote: Lenelson Piancó

  • IMG-20180510-WA0269

    Teresa Machado – Apodi-RN

    Toda mãe deve ser mãe cuidadosa,
    Faz valer esse nome com razão,
    Uma mãe nós amamos de paixão,
    Uma jóia que é rara e valiosa,
    A raínha de estrela mais formosa,
    Sua luz tem o brilho que irradia,
    Sentimento de amor que contagia,
    Reproduz todo fruto do pomar,
    “Hoje é dia da gente se lembrar,
    De quem lembra da gente todo dia”.

    Mote: Lenelson Piancó

  • Bandeira

    Bandeira Júnior – Fortaleza-CE

    Mãe é mãe, não existe mãe solteira,
    Mãe casada,mãe rica,nem mãe pobre,
    A mulher que é mulher só se descobre
    Quando o ventre a preenche por inteira.
    Eu por mais que quisesse,ou que eu queira,
    Nem te dando o planeta, te daria
    Um por cento da Luz que me irradia
    Que pudeste em meu parto a luz me dar…
    “Hoje é dia da gente a lembrar
    De quem lembra da gente todo dia.”

    Mote: Lenelson Piancó

  • 20780793-ed41-43d8-a6da-c57725b3d253

    Tiago Monteiro – Pocinhos-PB

    Como um filme, relembro a minha infância
    Vejo mãe na cadeira de balanço
    Nos seus trinta minutos de descanso
    Em que o ronco ditava a ressonância
    Eu lá dentro fazendo extravagância
    Mas quando ela acordava eu me escondia
    Brincalhona, fingia que não via
    Pra não ter que bater ou reclamar
    Hoje é dia da gente se lembrar
    De quem lembra da gente todo dia.

    Mote: Lenelson Piancó

  • 1a2b5e3d-d828-456d-b647-96ec2075ab12

    Mauricelio Silva – Camalaú-PB

    Minha mãe sempre foi uma guerreira
    Trabalhava sofrendo no sol quente
    Sempre fez de um tudo pela a gente
    Mulher nobre gentil e verdadeira
    Das mulheres que amo é a primeira
    Digo isso com muita garantia
    Sem mamãe nesse mundo eu não vivia
    E quando ela partir vou me acabar
    Hoje é dia da gente se lembrar
    De quem lembra da gente todo dia.

    Mote : Lenelso piancó

  • Edmilton Torres

    Edmilton Torres – Pesqueira-PE

    Desde o dia em que o filho é concebido
    A mulher o protege com carinho
    Continua depois de bebezinho
    E além, com o filho já crescido
    Nenhum filho por ela é esquecido
    Se preciso, até morre pela cria
    Esquecer minha mãe eu não podia
    Nesta data em que a vejo num altar
    Hoje é dia da gente se lembrar
    De quem lembra da gente todo dia.

    Mote: Lenelson Piancó

  • Zé Duardo

    Zé Duardo – Barro-CE

    Com cuidados por vezes me deixava
    Perseguir os brinquedos que me vinham
    Quando o medo e o perigo me detinham
    Só seu nome com forças eu gritava
    Seu sorriso e feição quando chegava
    Minha angústia e desgosto se esvaía
    Pra tirar todo medo que sentia
    Só bastava mamãe vir me abraçar,
    Hoje é dia da gente se lembrar
    De quem lembra da gente todo dia.

    Mote: Lenelson Piancó

  • João Bosco

    João Bosco – Poção-PE

    Eu recordo demais mamãe amada,
    Seu carinho não sai da minha mente,
    Ela está com o pai Onipotente,
    Não habita comigo na morada
    Em minha mente sua face é lembrada
    Seu carinho recordo com alegria
    De manhã o café que ela fazia
    Tinha o doce sabor do verbo amar
    Hoje é dia da gente se lembrar
    De quem lembra da gente todo dia!

    Mote: Lenelson Piancó

  • O Clube da Poesia Nordestina parabeniza o Poeta Acrísio Pereira pelo seu aniversário

  • O Clube da Poesia Nordestina parabeniza o Poeta Plácido do Amaral pelo seu aniversário

  • O Clube da Poesia Nordestina parabeniza o Poeta Toinho de Triunfo pelo seu aniversário

  • O Clube da Poesia Nordestina parabeniza o Poeta Lenelson Piancó pelo seu aniversário

  • O Clube da Poesia Nordestina parabeniza o Amante da Poesia Vicente Magalhães pelo seu aniversário

  • O Clube da Poesia Nordestina parabeniza o Poeta Edmilton Bezerra Torres pelo seu aniversário

  • Rena Bezerra

    Rena Berra – São José de Princesa-PB

    Foi com ela minhas primeiras lições
    de viver, de saber se comportar
    e hoje e sempre eu só tenho a expressar
    obrigado minha mãe pelos puxões.
    De orelha e também pelos sermões
    que calado muitas vezes eu ouvia
    pois no fundo, la no fundo eu sabia
    que era tudo para o bem me encaminhar,
    “HOJE É DIA DA GENTE SE LEMBRAR
    DE QUEM LEMBRA DA GENTE TODO DIA”.

  • 734826_997975953605445_5810042833131051470_n

    João Luckwu – Serra Talhada-PE

    Recebeu do senhor o dom divino
    De gerar no seu ventre nova vida
    E pra sempre ficar comprometida
    Se doar para o filho é seu destino
    A cuidar desde quando pequenino
    Traz consigo um amor que contagia
    Transformando a tristeza em alegria
    Conjugando e ensinando o verbo amar
    “Hoje é dia da gente se lembrar
    De quem lembra da gente todo dia”.

  • João Bosco

    João Bosco – Poção-PE

    NESTA DADA EU RECORDO MÃE QUERIDA
    QUE NO CÉU JÁ OCUPA A MORADA,
    LEMBRO SEMPRE O OLHAR DE MÃE AMADA,
    QUE ZELAVA POR MIM EM SUA VIDA,
    SE MEU CORPO GERAVA A FERIDA
    ELA VINHA CUIDAR COM ALEGRIA
    NÃO CHORAVA SE ALGO LHE DOÍA
    MAS CHORAVA SE VIA EU CHORAR
    “HOJE É DIA DA GENTE SE LEMBRAR,
    DE QUEM LEMBRA DA GENTE TODO DIA”

  • 12644966_738638542947898_4574208946267626244_n

    Bandeira Júnior – Caucaia-CE

    Mãe é mãe,não existe mãe solteira,
    Mãe casada,mãe rica,nem mãe pobre,
    A mulher que é mulher,só se descobre
    Quando o ventre a preenche por inteira,
    Eu por mais que quisesse ou que eu queira ,
    Nem te dando o planeta eu te daria
    Um por cento da luz que me irradia
    Desta vida que tu podes me dar…
    “Hoje é dia da gente se lembrar,
    De quem lembra da gente todo dia”.

  • Melchior Machado

    Melchior Sezefredo Machado – João Pessoa

    Nunca esqueça daquela que te ama
    Mais que tudo que enfim possa existir,
    Da mulher que só quer te ver sorrir,
    Que de nada te cobra, nem reclama,
    Cujo amor cada dia mais se inflama.
    Tua Mãe é a tua estrela-guia
    E hoje hás de cantá-la em poesia
    Pra que até mesmo Deus possa escutar!
    Hoje é dia da gente se lembrar,
    De quem lembra da gente todo dia”.

  • 12399411_192957211054735_1799191464_n

    Edmilton Torres – Pesqueira-PE

    Quando Deus terminou a criação
    Percebeu que faltou a melhor parte
    E assim concluiu a sua arte
    Com um Ser que tirou do coração
    E por Mãe foi chamada desde então
    Deu-lhe o dom do amor e da magia
    Deu ternura e deu sabedoria
    E o infinito poder de perdoar
    “Hoje é dia da gente se lembrar
    E quem lembra da gente todo dia”.

  • Plácido do Amaral

    Plácido do Amaral l – Caicó-RN

    Minha mãe só se deita quando eu chego,
    Ela pensa em mim mais do que nela,
    Ela faz dessa vida uma aquarela
    Onde pinta seu filho em aconchego.
    E eu me sinto seu dengo,seu chamego,
    Sinto bênçãos na sua euforia,
    Sinto paz e até vejo poesia
    No retorno tardio para o lar…
    “Hoje é dia da gente se lembrar
    De quem lembra da gente todo dia”.

  • O Clube da Poesia Nordestina parabeniza o POETA DO MÊS de Abril: Antônio Carlos – Toinho de Triunfo-PE

     

     

    Na oitava homenagem do Clube da Poesia Nordestina aos nossos poetas, TOINHO DE TRIUNFO foi escolhido como POETA DO MÊS. 08 poetas enviaram as notas de 5,00 a 10,0 pontos.

    A classificação ocorreu da seguinte maneira:

    1º Critério: Votação entre os poetas.

    2º Critério: Curtidas do poema no site, através do Facebook. (o 1º colocado receberá 10,0 pontos , o 2º colocado 9,0 pontos e assim sucessivamente até o 10º colocado que receberá 1,0 ponto)
    Veja a relação:

     

    Notas entre poetas:

    1° Toinho de Triunfo = 45,5  votos

    2° Melchior Machado = 38,5 votos

    3° Plácido Amaral = 32 votos

    4° João Luckwu = 30,5 votos

    5° Lucenir Silva = 25,5 votos

    6° Bandeira Júnior = 23 votos

    7° Rena Bezerra = 21,5 votos

    8° Otacílio Pires = 21 votos

    9° Aida Maria = 20,5 votos

    10° Edmilton Torres = 17 votos

     

    Curtidas no Facebook:

    1° Edmilton Torres: 164 curtidas = 10 pontos

    2° Jmarley Saraiva: 52 curtidas = 9 pontos

    3° Toinho de Triunfo: 46 curtidas = 8 pontos

    4° João Luckwu 42 curtidas = 7 pontos

    5° Rena Bezerra: 38 curtidas = 6 pontos

    6° João Bosco: 35 curtidas = 5 pontos

    7° Ailton Campelo: 23 curtidas = 4 pontos

    8° Aida Maria: 18 curtidas = 3 pontos

    9° Damião de Andrade: 16 curtidas = 2 pontos

    10° Lucenir Silva: 16 curtidas = 1 ponto

     

    APURAÇÃO FINAL:

     

    1º Toinho de Triunfo: 45,5 votação entre poetas + 8 pontos das curtidas total = 53,5 pontos

    2º Melchior Machado: 38,5 votação entre poetas (não ficou classificado entre os 10 de maiores curtidas)

    3º João Luckwu: 30,5 votação entre poetas + 7 pontos das curtidas total = 37,5 pontos

    4º Plácido Amaral: 32 votação entre poetas (não ficou classificado entre os 10 de maiores curtidas)

    5º Rena Bezerra: 21,5 votação entre poetas + 6 pontos das curtidas total = 27,5 pontos

    6º Edmilton Torres: 17 votação entre poetas + 10 pontos das curtidas total = 27 pontos

    7º Lucenir Silva: 25 votação entre poetas + 1 ponto das curtidas total = 26 pontos

    8º Aida Maria: 20,5 votação entre poetas + 3 pontos das curtidas total = 23,5 pontos

    9º Bandeira Júnior: 23 votação entre poetas (não ficou classificado entre os 10 de maiores curtidas)

    10º Otacílio Pires: 21 votação entre poetas (não ficou classificado entre os 10 de maiores curtidas)

     

  • Lucenir Silva

    Lucenir Silva – Triunfo-PE

    Fui da terra dos caretas
    Pra capital do xaxado
    Motor de rima acionado
    Verso movendo as carretas
    Na rapidez dos cometas
    Envolvida na magia
    Inspiração como guia
    Numa carga de emoção
    “FUI DECLAMAR NO SERTÃO
    NA FESTA DA POESIA”

  • unnamed

    Armando Medeiros – Princesa Isabel-PB

    NEM SEQUER ME LEVANTEI
    DE MINHA REDE PREGUIÇOSA
    QUE ESSA ZIKA IMPIEDOSA
    DOMINOU-ME E EU FIQUEI
    CONFESSO ATE QUE CHOREI
    LÁGRIMAS DE DOR E POESIA
    ROGANDO A VIRGEM MARIA
    ATRAVÉS DESSA ORAÇÃO
    “FUI DECLAMAR NO SERTÃO
    NA FESTA DA POESIA”

  • Ailton Campelo

    Ailton Campelo – Recife-PE

    Uma festança em Serra Talhada
    Promovia o maior desafio
    Daqueles de dar calafrio
    Quando a poesia é falada
    Tanta gente gabaritada
    Versos de repente nesse dia
    Mas não pude ter essa alegria
    E em pensamento cheio de emoção
    “FUI DECLAMAR NO SERTÃO
    NA FESTA DA POESIA”

  • João Bosco

    João Bosco – Poção-PE

    BASTANTE EMOCIONADO
    FIQUEI EM SERRA TALHADA
    VI EM CADA CAMARADA
    UM POEMA ESTAMPADO
    FURIBA HOMENAGEADO
    CHORANDO DE ALEGRIA
    EMOÇÃO E HARMONIA
    FORRÓ E DECLAMAÇÃO
    “FUI DECLAMAR NO SERTÃO
    NA FESTA DA POESIA”

  • Melchior Machado

    Mélchior Sezefredo Machado – João Pessoa-PB

    Partindo de João Pessoa,
    Em nome da Paraíba,
    Fui me encontrar com Furiba
    E os outros mestres da loa
    Naquela terra tão boa
    De versos e fidalguia…
    Serra Talhada me via
    Mais uma vez no seu chão:
    “FUI DECLAMAR NO SERTÃO
    NA FESTA DA POESIA”

  • Neci Lopes

    Neci Lopes – Itapetim-PE

    Tantos versos bonito
    Foram feito em homenagem
    À beleza da paisagem
    Desse sertão infinito
    Cada um foi escrito
    Com uma dose de magia
    Do poeta todo dia
    Carregado de emoção
    “FUI DECLAMAR NO SERTÃO
    NA FESTA DA POESIA”

Prefeituras parceiras

bannerjd
Rua Enock Ignácio de Oliveira, nº 1405 Bairro Nossa.Senhora da Penha - Cidade: Serra Talhada
CEP: 56.912-460
- Telefone: (87) 3831.2364 - WhatsApp: (87) 99956.4137
Copyright ©  2015 www.jornaldesafio.com.br, Todos os direitos reservados.
JORNAL DESAFIO - O SERTÃO EM 1º LUGAR
Serra Talhada, Pernambuco - Brasil.