• Otacílio Pires

    Otacílio Pires – Recife-PE

    Um desafio lá em Serra,
    Sendo o maior do Brasil,
    Sempre no mês de abril,
    Poetas da nossa terra,
    Dizendo que a vida encerra,
    Glosando com harmonia,
    Sem ter a mente vazia,
    Declamam com retidão:
    “FUI DECLAMAR NO SERTÃO
    NA FESTA DA POESIA”

  • Damião Andrade

    Damião de Andrade Lima – São José do Egito-PE

    Fiz versos em homenagem
    A João Furiba e a Pinto.
    Emocionado eu sinto
    Meu ser olhando a paisagem.
    Por passado fiz viagem
    Relembrando a cantoria
    De quem cantou nessa via
    As belezas do meu chão…
    “FUI DECLAMAR NO SERTÃO
    NA FESTA DA POESIA”

  • Plácido do Amaral

    Plácido do Amaral – Caicó-RN

    Pense na felicidade
    Que jamais imaginei.
    Numa noite me vi rei
    Esbanjando majestade.
    Mil poetas de verdade
    E eu no meio da alegria…
    Era tanta a euforia
    Que chorei de emoção.
    “FUI DECLAMAR NO SERTÃO
    NA FESTA DA POESIA”

  • Manoel Neto

    Neto Caçula – Princesa Isabel-PB

    Eu saí da minha Cidade
    Desafiando a distância
    Com amigos de infância
    Num carro em velocidade
    Sempre na simplicidade
    Que vivo no dia-a-dia
    Surpreso, logo aprendia
    os versos de uma canção
    “FUI DECLAMAR NO SERTÃO
    NA FESTA DA POESIA”

  • 734826_997975953605445_5810042833131051470_n

    João Luckwu – Serra Talhada-PE

    Feito arrocho de jiboia
    Abracei João Furiba
    Pergutei: “tá tudo em riba”
    Ele respondeu: “tá joia”
    Sob a luz da claraboia
    Que na fresta insistia
    Me envolveu naquele dia
    Um luar de inspiração
    “FUI DECLAMAR NO SERTÃO
    NA FESTA DA POESIA”

  • Toinho de Triunfo

    Toinho de Triunfo – Triunfo-PE

    Juntei meus cacos de versos
    Compilei bem na cachola
    Metrifiquei na bitola
    Para motes mais diversos
    Viajei por universos
    Como sob anestesia
    E com minha fantasia
    De poeta e emoção
    “FUI DECLAMAR NO SERTÃO
    NA FESTA DA POESIA”

  • 12895442_1091675207543047_947933259_n

    Edmilton Torres – Pesqueira-PE

    Quando o convite foi feito
    De pronto logo aceitei
    Fiz as malas, viajei
    Orgulhoso e satisfeito
    Entre os pares fui aceito
    Com respeito e alegria
    Numa grande confraria
    Que me embargou de emoção
    “FUI DECLAMAR NO SERTÃO
    NA FESTA DA POESIA”

  • 12644966_738638542947898_4574208946267626244_n

    Bandeira Júnior – Caucaia-CE

    Saí de minha cidade
    Levando poesia e fé,
    Nossa poesia é
    Um grito de liberdade,
    Voltei sentindo Saudade
    Satisfação e alegria,
    Deixei nessa freguesia
    Parte do meu coração…
    “FUI DECLAMAR NO SERTÃO
    NA FESTA DA POESIA”

  • Rena Bezerra

    Rena Bezerra – São José de Princesa-PB

    Saindo da Paraíba
    ligeiro como um macuco
    fui mostrar em Pernambuco
    a poesia desse escriba.
    Lá abracei João Furiba
    um grande da cantoria
    declamei com maestria
    pra Pinto com emoção,
    “FUI DECLAMAR NO SERTÃO
    NA FESTA DA POESIA”

  • JMarley Saraiva

    Jmarley Saraiva – Barro-CE

    Eu sai aqui do Barro
    Pra solos pernambucanos
    Da viagem fiz os planos
    Botei os versos no carro
    Os versos tiraram sarro
    Dessa noite de alegria
    E João furiba sorria
    Na terra de lampião
    “FUI DECLAMAR NO SERTÃO
    NA FESTA DA POESIA”

Prefeituras parceiras

bannerjd
Rua Enock Ignácio de Oliveira, nº 1405 Bairro Nossa.Senhora da Penha - Cidade: Serra Talhada
CEP: 56.912-460
- Telefone: (87) 3831.2364 - WhatsApp: (87) 99956.4137
Copyright ©  2015 www.jornaldesafio.com.br, Todos os direitos reservados.
JORNAL DESAFIO - O SERTÃO EM 1º LUGAR
Serra Talhada, Pernambuco - Brasil.