Cadeira 143: Janycley Fonseca

Janycley Fonseca

 

Sou Janycley da Penha Fonseca, professora do RN, pedagoga especialista em Tecnologia da educação pela PUC/RJ. Natural de Assú/RN conhecida como a terra dos Poetas e berço de grandes nomes  da cultura potiguar. Membro da ALAMP, da Associação Literária e Artística de Mulheres Potiguares. Três coletânea de poesias publicadas, e dois cordéis Gosto de cantar tocar violão e viajar pelo Brasil pilotando moto ou dirigindo carro. Espírito de liberdade e aventura com responsabilidade!

 

Patrono

Renato Caldas

 

O poeta Renato Caldas nasceu em Assu/RN, no dia 08 de outubro de 1902. Durante a II Guerra Mundial trabalhou em Parnamirim/RN. Depois trabalhou no DNOCS e no DER. Publicou os livros “Fulô do Mato”, “Poesias”, “Meu Rio Grande do Norte” e “Pé de Escada”. Faleceu em Assu no dia 26 de outubro de 1991.

Tinha ele a fama de boêmio e de notável improvisador. Pelo estilo rude e original dos seus versos, recebeu a alcunha de “O poeta das melodias selvagens”. Os seus versos abordam temas como a vida simples do homem do campo, a natureza, o amor e a beleza da mulher. Faz uso de uma linguagem rudimentar do povo sertanejo.
A exaltação à beleza e o desejo do homem simples, que ama e que sofre, são expressos em versos como:
Fulô do mato, Lagoa das moças, Enxurrada mardita, Reboliço entre outras tantas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estes HTML tags e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>